Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes quer Coaf na estrutura do BC autônomo

Vera Magalhães

Quando fala em “aperfeiçoamento institucional” para blindar o Coaf, o desenho que o ministro Paulo Guedes (Economia) tem em mente é vincular o órgão, responsável pelo controle de atividades financeiras, ao Banco Central, no projeto que dá autonomia à autoridade financeira. Com isso, o ministro entende, segundo o BR18, que o Coaf estaria blindado de ingerências políticas.

O modelo está em estudo, e é a isso que Guedes se refere quando diz que não trabalha pensando em pessoas, mas primeiro nas estratégias que pretende atingir e estruturas que precisa montar para persegui-las. Só depois, no método Guedes de gestão, entram as pessoas responsáveis pelas missões. No caso de Roberto Leonel, atual diretor do Coaf designado por Sérgio Moro e cuja cabeça começou a ser pedida por pessoas próximas ao presidente Jair Bolsonaro, pessoas próximas a Guedes dizem que ele pode sair e ficar, a depender de se o seu perfil for condizente com a nova estrutura que ele pretende montar para o Coaf. / Vera Magalhães