Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes: ‘São as dores do parto de uma democracia emergente’

Equipe BR Político

Paulo Guedes tentou tranquilizar quem está assustado com os arranca-rabos entre Congresso e Executivo às vésperas do início da tramitação da reforma da Previdência. Segundo o ministro da Economia, não há motivo para pânico. São apenas as “dores do parto de uma democracia emergente”. “Não se assustem quando veem que, aparentemente, os agentes econômicos não estão se entendendo com o governo ou que os agentes públicos não estão se entendendo entre si. São dores do parto de uma democracia emergente. Isso não deve nos assustar”, afirmou Guedes, em discurso a cerimônia de posse da nova superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Solange Paiva Vieira.