Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Hacker ‘conversou’ com Robalinho

Vera Magalhães

O suposto hacker responsável por extrair de celulares de procuradores informações da Lava Jato manteve uma longa conversa pelo chat do aplicativo Telegram com o procurador José Robalinho, ex-presidente da ANPR e candidato à sucessão de Raquel Dodge.

Na conversa, o hacker se fez passar pelo procurador militar Marcelo Weitzel, em nome de quem também mandou Arquivos no grupo do CNMP do aplicativo —justamente o órgão que vai analisar denúncias por faltas disciplinares dos procuradores. A Robalinho, o hacker disse ser um funcionário de TI e que opera a partir de outro fuso horário, que não o brasileiro. Mas se expressou em português fluente e trocou ideias sobre a Lava Jato. Incauto, o procurador teceu considerações sobre o caso e não percebeu a fraude até o invasor se identificar. / V.M.

Tudo o que sabemos sobre:

RobalinhohackerLava Jatoprocurador