Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Haddad a Weintraub: ‘Como passou num concurso público?’

Equipe BR Político

Após o presidente Jair Bolsonaro publicar um vídeo (veja abaixo) em que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, diz que os concursos públicos só selecionam “esquerdistas”, o ex-candidato à Presidência Fernando Haddad (PT), que é professor concursado na USP, questionou, via Twitter, a incoerência na afirmação do ministro.

Isso porque Weintraub, que não é “esquerdista”, também é concursado. Antes de assumir o ministério, ele era professor da Unifesp. “Como Weintraub passou num concurso público como candidato único com apenas título de mestre para uma universidade federal prestigiada, sendo de extrema-direita e semianalfabeto?”, questionou o ex-ministro da Educação, nesta segunda-feira, 13.

Mas Weintraub não é o único a já ter criticado os servidores públicos. Assim como ele, em 2016, o ex-presidente Lula também alfinetou os concursados e comparou-os a políticos corruptos. A crítica era direcionada aos membros do MPF, mas atingiu toda a categoria.

“Eu de vez em quando falo que as pessoas achincalham muito a política, mas a posição mais honesta é a do político, sabe por quê? Por que todo ano, por mais ladrão que ele seja, ele tem que ir pra rua encarar o povo e pedir voto. O concursado não. Se forma na universidade, faz um concurso e tá com um emprego garantido para o resto da vida”, declarou Lula durante um pronunciamento a jornalistas.