Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Haddad chama de ‘erro crasso’ misturar Forças Armadas com governo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) criticou na terça-feira, 14, a participação de integrantes das Forças Armadas no governo de Jair Bolsonaro. Na avaliação do petista, a falta de clareza na separação entre instituição e governo é um “erro crasso”.

Fernando Haddad. Foto: Tiago Queiroz

O comentário vem na esteira da fala do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes de que “o Exército está se associando a esse genocídio”, ao comentar a condução do Ministério da Saúde durante a pandemia do novo coronavírus.

“Ao não traçar com nitidez a linha que separa a instituição do governo, as Forças Armadas cometem erro crasso. Isso independe da avaliação final que a população fizer de Bolsonaro. Não se aposta a sorte de uma instituição de Estado; menos ainda colocando-a nas mãos de um inepto”, escreveu Haddad no Twitter.