Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Haddad critica reitor escolhido por Bolsonaro para UFPB: ‘Indigno da profissão’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um dia depois de o professor Valdiney Veloso Gouveia tomar posse como novo reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o ex-candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, criticou o fato de o empossado, que foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, ter sido o último colocado na consulta pública que formou a lista tríplice na eleição da instituição.

Fernando Haddad. Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Pelo Twitter, Haddad, que é professor e foi ministro da Educação no governo Lula, escreveu: “Um professor, o menos votado, trair a sua própria comunidade, assumindo a cadeira de reitor por capricho de Bolsonaro me faz pensar: o que o fez escolher o magistério? Indigno da profissão”, criticou.

Junto do comentário, o petista compartilhou uma reportagem que relata que, antes da posse, o novo reitor foi recebido por manifestantes com uma chuva de ovos, o que explicita o desagrado da comunidade acadêmica com a nomeação.