Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

HC de Lula é 5º item da pauta

Vera Magalhães

Além das controvérsias jurídicas e políticas que envolvem o habeas corpus 164493, impetrado pela defesa do ex-presidente Lula e que argui a suspeição de Sérgio Moro no julgamento que resultou na condenação do petista, questões administrativas podem ditar o adiamento da questão para o segundo semestre. A sessão de terça-feira é a última da Segunda Turma do STF antes do recesso, e será a primeira sob o comando de Cármen Lúcia, nova presidente do colegiado.

O HC de Lula, que foi protocolado em novembro de 2018 e teve vista pedida por Gilmar Mendes em dezembro, é o quinto item da pauta, que tem outros temas candentes antes dele, como o pedido de extradição do tuco naturalizado brasileiro Ali Shipali, cujo relator também é o ministro Edson Fachin. Por ora, Fachin e Cármen já votaram no HC de Lula, contra a arguição de suspeição. Faltam se manifestar o próprio Gilmar, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Na última semana, o advogado de Lula Cristiano Zanin protocolou um aditamento ao pedido, com as revelações feitas pelo The Intercept Brasil mostrando conversas entre Moro e os procuradores do caso. Ele também despachou com alguns ministros da Turma para entregar memoriais. / Vera Magalhães