Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Heleno: Impossível prever desfecho na Venezuela

Equipe BR Político

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, disse em entrevista ao Globo que é “imprevisível” o desfecho para a conflagração entre aliados de Nicolás Maduro e Juan Guaidó na Venezuela. “A gente tem certeza que o esquema militar do Guaidó é precário e o outro lado conta com um apoio comprado de cerca de 2 mil generais, que é uma cifra espantosa. Há um esquema de colocar muitos deles na área econômica, sendo praticamente donos da economia que sobrou na Venezuela, não só com o que é lícito como com o que é ilícito.

Na entrevista, ele reiterou que o Brasil não cogita uma intervenção militar no país vizinho. “O Brasil tem como tradição história, e tem escrito na sua Constituição, que ele não pode intervir em assuntos internos de países, nações amigas. Então ele fica impedido constitucionalmente de tomar qualquer atitude de força ou de intervenção em qualquer dos países sul-americanos que estejam, muitas vezes, vivendo uma crise.”