Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Hospital de campanha do Pacaembu encerra atividades

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após dar alta aos últimos pacientes da covid-19, a Prefeitura de São Paulo encerrou nesta segunda-feira, 29, as atividades no hospital de campanha do Pacaembu.

Hospital de campanha do Pacaembu estava aberto deste 6 de abril. Foto: Governo do Estado de São Paulo

A desativação da unidade foi anunciada pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB-SP) na última sexta-feira. “Desde o dia 1º de junho, a taxa de ocupação dos leitos dos hospitais de campanha e de enfermaria da prefeitura de São Paulo vem caindo. Estamos há quatro semanas em queda nessa taxa. E nos últimos dez dias estamos abaixo dos 50%. Então, isso dá tranquilidade para fechar os 200 leitos do hospital do Pacaembu”, explicou.

Com 200 leitos, desde que foi aberto, em 6 de abril, o hospital de campanha do Pacaembu atendeu cerca de 1.500 pessoas. O hospital teve um custo final de cerca de R$ 23 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:

Pacaembuhospital de campanhaCovid-19