Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Huck já é atacado por ‘vice comunista’

Gustavo Zucchi

Faltando quase três anos e com uma eleição municipal no meio do caminho, o pleito de 2022 já sucinta ataques pelas possíveis “alianças” que poderão ser formadas. Luciano Huck, por exemplo, está sendo atacado nas redes sociais pelo deputado Marco Feliciano. O motivo é a possibilidade de que o apresentador pode ter o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), como candidato à vice-presidência. “Velho ditado: dize-me com quem andas, e eu te direi quem és. Comunistas são ateus!”, escreveu o pastor evangélico para seus seguidores.

Feliciano, por sua vez, chegou a ser cogitado como um dos possíveis nomes para a vice de Jair Bolsonaro em caso de reeleição. Os evangélicos são um dos grupos cuja disputa pelo voto está acirrada. Além de Bolsonaro, que acena diariamente aos religiosos, o PT está cogitando criar núcleos evangélicos para tentar se aproximar do segmento.

Notícias relacionadas