Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ibama fiscaliza e multa menos sob governo Bolsonaro

Equipe BR Político

Nos seis primeiros meses do governo do presidente Jair Bolsonaro, as multas a desmatamentos caíram 23% em comparação com o mesmo período nos últimos cinco anos. O levantamento feito pela Folha mostra que o Ibama, órgão responsável pela fiscalização e aplicação das multas, realizou, entre janeiro e junho de 2019, 5.826 sanções a crimes contra a flora, que incluem desmatamento, comércio ilegal de madeira e incêndios. O número é o menor desde 2015.

Dentre as causas para a queda, estariam a retórica anti-ambientalista de Bolsonaro, entrada de gestores sem experiência no governo e uma queda das fiscalizações. A ONG Observatório do Clima também aponta um vazio administrativo no Ibama. “Das 27 superintendências estaduais do Ibama, 19 não têm um novo superintendente”, diz o ambientalista e secretário executivo da entidade, Carlos Rittl. Dados da ONG mostram que as fiscalizações decaíram em 58% até abril deste ano, em comparação com o mesmo período em 2018. Na Amazônia, essa queda na vigilância chegou a 70%.

Tudo o que sabemos sobre:

Ibamadesmatamentogoverno Jair Bolsonaro