Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

IBGE: Desemprego diminui, informalidade aumenta

Equipe BR Político

A taxa de desemprego do Brasil fechou o terceiro trimestre em 11,8%, com leve variação em relação ao trimestre de abril a junho de 2019, quando o índice marcava 12%. Isso significa que há no Brasil 12,5 milhões de pessoas sem trabalho.

Diminuiu o número de pessoas desempregadas no País, mas aumentou a quantidade que atua na informalidade.

Tanto o número de empregados sem carteira quanto o de trabalhadores por conta própria atingiu novas máximas recordes. A primeira, que soma 11,8 milhões de pessoas, representa um aumento de 2,9% em relação ao trimestre anterior e de 3,4% frente ao mesmo período de 2018. A segunda, que atinge 24,4 milhões de pessoas cresceu 1,2% frente ao trimestre anterior e 4,3% em relação ao mesmo período de 2018.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 31, IBGE. Essas informações são um indicativo de que a reforma trabalhista, aprovada em 2017, serviu para aumentar o número de trabalhadores na informalidade e gerar lentamente novos empregos.

Tudo o que sabemos sobre:

EconomiaIBGEempregodesemprego