Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ida à China do PSL irrita direita olavista

Equipe BR Político

A viagem de alguns parlamentares eleitos do PSL à China parece provocar uma espécie de “cisma” na direita bolsonarista. Os políticos estão em terras orientais para conhecerem um sistema de reconhecimento facial de uma empresa chinesa, convidados pelo próprio governo chinês.

O grupo recebeu críticas de uma ala da direita, em especial do escritor Olavo de Carvalho, nome de influência no pensamento de Jair Bolsonaro. Carvalho classificou o grupo como “semianalfabetos” e “caipiras”, vendo a iniciativa como “entregar ao governo chinês informações sobre todo mundo que mora no Brasil”. Carla Zambelli, que já fui uma das pupilas de Olavo, mas foi citada por ele entre os “palhaços”, fez um vídeo na China em resposta dizendo que mora no Brasil, diferente de alguns.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Olavo de CarvalhoPSLChina