Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ida a Israel desmonta velha estratégia brasileira

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro está prestes a embarcar para Israel. E, para o colunista Matias Spektor, quando o brasileiro pousar no país, desmontará a velha estratégia brasileira para lidar com o conflito no Oriente Médio: apoiar a criação de dois Estados, um judeu e um palestino.

“A guinada não é produto de cuidadoso planejamento diplomático nem de um plano para construir algo no lugar daquilo que será destruído. Trata-se, antes, de um impulso inspirado por Donald Trump”, escreveu na Folha. Além disso, o colunista aponta que o primeiro ministro israelense, Binyamin Netanyahu, vai tentar explorar a presença de Bolsonaro a seu favor na eleição na qual corre risco real de perder o cargo depois de dez anos no poder.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroIsraelBinyamin Netanyahu