Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ideb do ensino médio de 2019 tem primeiro avanço desde 2009

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Estagnado há anos, o ensino médio do País teve o maior crescimento da história no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) registrado em 2019, informa o Estadão. O crescimento nesta etapa do ensino passou de 3,5 em 2017 para 3,9 no ano passado, o maior avanço desde que o indicador foi criado. Até então, estava estagnado desde 2009, com índice de 3,4.

Ideb do ensino médio de 2019 tem primeiro avanço desde 2009 Foto: Felipe Rau/Estadão

Por outro lado, o desempenho das crianças de 1º ao 5º ano do ensino fundamental desacelerou e aumentou só 0,1, o menor avanço desde 2005, quando houve a primeira medição. Esses dados, que consideram as redes pública e privada de ensino, saem a cada dois anos e foram divulgados nesta terça-feira, 15, pelo Ministério da Educação (MEC).

Todos os Estados avançaram no Ideb do ensino médio, segmento considerado o mais problemático no País pela dificuldade de atrair e manter o jovem na escola. Mesmo com o desempenho melhor dos adolescentes do ensino médio, a meta para o País em 2019, de 5,0, não foi atingida. Os únicos Estados que bateram as metas foram Pernambuco e Goiás. O Estado de São Paulo melhorou na nota, mas não atingiu o objetivo e está em 4º no ranking nacional. O maiores crescimentos do Ideb do ensino médio foram do Paraná, 3º colocado no ranking (mesma posição de Pernambuco), e da Bahia, que ficou em último lugar.

Tudo o que sabemos sobre:

Idebensinoeducação