Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Impeachment não teve nada a ver com eleição de Bolsonaro’, diz Moro

Equipe BR Político

Entrevistado de estreia do programa de entrevistas do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em seu canal no YouTube, chamado de O Brasil precisa saber, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afastou ontem a relação da Lava Jato com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016, e a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República, dois anos depois. “São movimentos que foram distintos. Claro que existe um contexto no qual o presidente foi eleito. Mas, assim, o impeachment não teve a nada a ver com a eleição do presidente Jair Bolsonaro. São coisas dissociadas”, disse o ex-juiz federal de Curitiba.

Antes da exibição, Eduardo divulgou o anúncio da gravação, chamando seus seguidores para acompanhar o programa. Moro fez referência ao impeachment e à eleição presidencial ao criticar o documentário Democracia em Vertigem, da diretora Petra Costa, indicado ao Oscar. “Para um documentário, acho que presta um desserviço aos fatos porque é uma visão deturpada daqueles acontecimentos.”

Tudo o que sabemos sobre:

impeachmentsergio moro