Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Inflação de 2019 dentro do previsto

Equipe BR Político

A inflação brasileira em 2019 ficou dentro da previsão pelo governo federal. Na manhã desta sexta-feira, 10, o IBGE divulgou que o País encerrou 2019 com a inflação em 4,31%. Na estimativa do Planalto, o número fecharia entre 2,75% e 5,75%. A meta era de que fecharia em 4,25%.

O grupo “Alimentação e bebidas” apresentou alta de 6,37% no ano e foi o principal responsável por pressionar a inflação. Também pesaram os custos dos “Transportes” (3,57%) e “Saúde e cuidados pessoais” (5,41%). A alta dos alimentos foi puxada, sobretudo, pelas carnes, cujos preços acumularam uma alta de 32,40% em 2019. desvalorização do real. Pesou também a alta nos planos de saúde (8,24%), por conta do reajuste autorizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Essa é a maior inflação anual desde 2016, quando o índice ficou em 6,29%, segundo o IBGE.

Tudo o que sabemos sobre:

IBGEInflaçãoEconomiagoverno