Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Injusta agressão’, diz Heleno ao declarar apoio a resposta da Defesa

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, afirmou apoiar a nota assinada pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, pelos comandantes do Exército, Edson Leal Pujol, da Marinha, Ilques Barbosa Junior, e da Aeronáutica, Antonio Carlos Moretti Bermudez, em resposta ao que considerou “injusta agressão” de fala do ministro do do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes sobre o Exército no sábado.

O ministro-chefe do GSI, Augusto Heleno

O ministro-chefe do GSI, Augusto Heleno Foto: Adriano Machado/Reuters

“Reafirmo meu apoio à Nota Oficial, emitida nesta segunda-feira (13 Jul) pelo Ministro Gen Ex Fernando Azevedo e pelos Comandantes das Forças Armadas, em resposta à injusta agressão sofrida pelo Exército Brasileiro, em entrevista do Ministro do STF Gilmar Mendes”, escreveu Heleno nesta segunda-feira, 13, nas redes sociais.

Gilmar afirmou que o Exército estaria se associando a um “genocídio” ao comentar a situação do Ministério da Saúde durante a pandemia em live da Istoé. Na nota emitida nesta segunda, os chefes da Defesa e das Forças Armadas afirmaram que a Pasta deve protocolar representação contra o ministro na Procuradoria-Geral da República (PGR) e que a declaração causou “indignação”.

Tudo o que sabemos sobre:

augusto helenoForças Armadas