Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Investigação avança sobre Bivar

Equipe BR Político

O caso das candidaturas de fachada do PSL em Pernambuco está em vias de levar à abertura de um inquérito da Polícia Federal, informa o Valor, para apurar como o dinheiro público do Fundo Partidário foi aplicado pelo partido nas eleições. A investigação já foi autorizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado. Neste ano, seu partido vai manusear R$ 110 milhões do Fundo Partidário, diz a publicação.

O dono do partido é o empresário do ramo de seguros e deputado Luciano Bivar, ex-presidente do Sport Clube do Recife, que tem R$ 18 milhões em patrimônio declarado. Sobre as suspeitas de patrocinar campanhas de fachada em benefício próprio, ele respondeu: “Os recursos (às candidaturas inexpressivas) foram transferidos diretamente do diretório nacional”, à época dirigido pelo advogado e ex-ministro Gustavo Bebianno.

Tudo o que sabemos sobre:

Luciano BivarPSL