Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

IPCA sobe 0,24% em agosto, aponta IBGE

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A inflação oficial do Brasil, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu 0,24% em agosto, o equivalente a 0,12 ponto porcentual abaixo da taxa registrada em julho (0,36%). Esse é o maior resultado para um mês de agosto desde 2016, quando o IPCA foi de 0,44%. No mesmo período do ano passado, a variação havia sido de 0,11%.

A alta foi puxada pelo preço da gasolina e dos alimentos Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 9, pelo IBGE, a alta foi puxada pelo preço da gasolina e dos alimentos. Ao todo, dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, seis tiveram alta em agosto.

“O item de maior peso (4,67% do total) no IPCA é a gasolina (3,22%), que fez com que os Transportes (alta de 0,82%) apresentassem o maior impacto positivo no índice de agosto. E a segunda maior contribuição veio do grupo Alimentação e bebidas (0,78%). Já no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que é um índice mais voltado para famílias de menor renda, os produtos alimentícios (alta de 0,80% em agosto) pesam mais e por isso o índice acumula uma alta superior à do IPCA no ano”, explica Pedro Kislanov, gerente da pesquisa, ressaltando que os alimentos têm peso de 20,05% no IPCA e 22,82% no INPC.

 

Tudo o que sabemos sobre:

IBGEIPCAgasolinaalimentosInflação