Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Isso não é crise’, avalia Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após a Petrobrás registrar a pior queda em valor de mercado em 30 anos, de R$ 91 bilhões; a Ibovespa registrar a maior queda diária desde 1998; a Conferência das Nações Unidas para Comércio e Desenvolvimento prever desaceleração econômica em 2020 para menos de 2,5% e queda de US$ 2 trilhões na receita mundial com a convulsão dos mercados em resposta à queda de 30% do barril do petróleo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça, 10, que “isso não é crise” conforme informa o Broadcast Político.

Segundo ele, “alguns da imprensa conseguiram fazer de uma crise a queda do preço do petróleo (…) É melhor cair 30% do que subir 30%. Mas isso não é crise. Obviamente, problemas na Bolsa, isso acontece esporadicamente. Como estamos vendo agora há pouco, as bolsas hoje já começam com sinais de recuperação”. O tom foi o mesmo adotado um dia antes pelo ministro Paulo Guedes.

O presidente, Jair Bolsonaro

O presidente, Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Com um dia de atraso, sua avaliação sobre as perdas históricas do mercado só foi feita após o presidente lançar antes a tese de que houve fraude na eleição presidencial de 2018, sem apresentar provas, e de fomentar ataques contra o médico Drauzio Varella por ter entrevistado uma trans na cadeia.