por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Janaina para Eduardo: ‘O convite é tentador, mas o certo é recusar’

Equipe BR Político

A deputada estadual de São Paulo Janaina Paschoal (PSL) defendeu que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) recuse um eventual convite para assumir a embaixada do Brasil em Washington. Em uma série de mensagens no Twitter, na noite de sexta-feira, 12, a deputada disse não questionar a capacidade do “03”, nem a possibilidade jurídica, mas afirmou que, por ter sido o deputado mais bem votado da história, ele teria uma posição de liderança e precisaria exercer esse papel.

“Muito se está a falar sobre eventual nepotismo, sobre capacidade, sobre ser necessário (ou não) integrar a carreira diplomática. Mas eu analiso a questão sob outro ângulo. O que pensam os quase dois milhões de eleitores do Deputado?”, escreveu em uma das mensagens. Janaina defendeu que os eleitores que votaram em Eduardo sejam respeitados. “Eduardo tem muito a fazer na Câmara e na Presidência Estadual do PSL. Sei que o convite é muito tentador. Mas o certo é recusar. Ele assumiu responsabilidades no Brasil. Precisa cumprir. Basta agradecer a deferência e declinar.”