Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Janaína pede afastamento de Bolsonaro e Mourão na Presidência

Gustavo Zucchi

A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP), que chegou a ser cogitada como vice de Jair Bolsonaro, quer o afastamento do presidente da República. Na opinião dela, as atitudes dele no último domingo são mais do que suficientes para provar que ele não tem capacidade de comandar o País em face da pandemia de coronavírus.”O que ele fez ontem é inadmissível, é injustificável, indefensável, um crime contra saúde pública”, disse em discurso na Alesp. “Eu me arrependi do meu voto. Que País é esse? Como esse homem vai lá, potencialmente contaminado, pegando nas mãos das pessoas, beijando. Ele está brincando? Ele acha que pode tudo?”, questionou.

Para ela, a solução seria o afastamento do presidente, com o vice, general Hamilton Mourão, assumido as funções do Executivo. ” Esse senhor tem que sair da presidência da República. Deixa o Mourão que entende de Defesa. Estamos entrando em uma guerra contra um inimigo invisível”, afirmou. “As autoridades têm que se unir e pedir para Bolsonaro se afastar. Não temos tempo para um processo de impeachment. Precisamos de pessoas capazes e competentes de conduzir a nação. Quero crer que o Mourão possa fazer esse trabalho por nós.”

Tudo o que sabemos sobre:

Janaina PaschoalAfastamentoJair Bolsonaro