Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Jaques Wagner aos ‘ciumentos’: Não apostem em divisão com Lula

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O senador Jaques Wagner (PT-BA) identificou “ciumentos” entre os que reagiram ao seu movimento de se colocar para a disputa presidencial pelo PT em 2022 em entrevista à Rádio Bahia, na segunda, 30, quando também disse que não se pode ficar refém de Lula diante das novas demandas geracionais do eleitorado.

“A gente não pode ficar refém. Eu sou amigo irmão do Lula, mas vou ficar refém dele a vida inteira? Não faz sentido. É a minha opinião sincera e parabéns aos jovens que participaram (das eleições) e ganharam”, disse o parlamentar na ocasião.

Nesta quinta, 3, ele escreveu: “Aos ciumentos desavisados, meu recado: não apostem em nenhuma divisão entre eu e @LulaOficial. Quem o fizer, vai errar feio”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jaques WagnerLula