Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Jefferson chama ministro do Supremo de ‘urubu’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Integrante da tropa de choque bolsonarista, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, atacou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Moraes suspendeu hoje a nomeação de Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal, contrariando a vontade de Jair Bolsonaro.

O presidente do PTB, Roberto Jefferson

O presidente do PTB, Roberto Jefferson Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Foi o suficiente para que Jefferson, delator do mensalão petista e que passou um período preso pelo envolvimento nas irregularidades, atacasse o ministro pelo Twitter. O ex-deputado chamou Moraes de “tucano”, “careca” e “urubu” na sua postagem contra a decisão tomada pelo ministro.

“O tucano Alexandre Moraes, STF, em despacho contra a lei e a constituição, suspendeu a nomeação de Dr. Ramagem para a Direção Geral da PF. É nítida a intenção do careca de intervir no governo Bolsonaro, para tentar levá-lo à renúncia. Xô urubu!”, escreveu Jefferson que foi um dos primeiros líderes do Centrão a se alinharem com o governo.