Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

João Campos supera margem sobre adversários em Recife

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A disputa na capital pernambucana que começou embolada começa a ganhar contornos no início de outubro. O deputado João Campos (PSB) ampliou a vantagem na liderança da disputa pela prefeitura de Recife e se descolou dos adversários na última pesquisa do Datafolha, publicada nesta quinta-feira, 8. Com 26% das intenções de voto e a maior coligação do pleito na capital pernambucana, o filho do ex-governador Eduardo Campos superou a margem de erro e registrou 9 pontos a mais do que uma de suas principais adversárias, a também deputada e sua prima, Marília Arraes (PT), que tem 17% das intenções. Na cola, figura o ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM), com 16%. Até setembro os três candidatos eram separados apenas numericamente, mas estavam tecnicamente empatados dentro da margem de erro.

O candidato à prefeitura em Recife João Campos

O candidato à prefeitura em Recife João Campos Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O deputado é correligionário do atual prefeito, Geraldo Júlio, e até o início desta semana, era o candidato que mais havia recebido doações: cerca de R$ 5,25 milhões vindos da direção do partido.

Em quarto lugar na pesquisa aparece a Delegada Patrícia (Podemos), com 10% das intenções. Mais afastados estão Marco Aurélio (PRTB), com 2%, Coronel Feitosa (PSC) e Carlos (PSL) empatados com 1% e Thiago Santos (UP), Claudia Ribeiro (PSTU), Charbel (Novo) e Victor Assis (PCO), que tiveram menos de 1% das intenções.

Quanto à rejeição, a liderança é de Mendonça Filho, com 32%, seguida de João Campos, que registrou 30%.

Tudo o que sabemos sobre:

Recifejoão camposeleição