Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Joice aponta ‘um peso para Regina’, outro para Weintraub

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

A ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), saiu em defesa da secretária de Cultura, Regina Duarte, depois de “facções” olavistas a atacarem. A deputada apontou “dois pesos, duas medidas’ na atuação dos seguidores do “guru”. Eles estão criticando Regina pela nomeação de Maria do Carmo Brant de Carvalho, que esteve no Ministério da Cidadania durante a presidência de Michel Temer,  para a Secretária de Diversidade Cultural.

Joice apontou que o tratamento não foi o mesmo para Abraham Weintraub, atual ministro da Educação que nomeou Wagner Vilas Boas, ex-secretário executivo de Aloysio Mercadante no MEC, durante a gestão de Dilma Rousseff. “Por que , então, se calaram sobre a escolha de Weintraub que colocou um dos homens de confiança de Dilma no comando das universidades federais? Dois pesos, duas medidas! É machismo? A facção quer cargos?”, questionou Joice.

Ver essa foto no Instagram

. Regina foi atacada por nomear Maria do Carmo. Alegaram que é uma esquerdista. . Será que foi mesmo este o motivo? . Por que , então, se calaram sobre a escolha de Weintraub que colocou um dos homens de confiança de Dilma no comando das universidades federais? . . . Dois pesos, duas medidas! É machismo?? A facção quer cargos? . NADA justifica este LINCHAMENTO que fizeram com Regina Duarte. Além de ser uma hipocrisia. . Weintraub e Regina foram escolhidos pelo presidente da República. . AVALIEM o RESULTADO do trabalho. E então julguem. . Mas ESTA FACÇÃO não tem o direito de escolher a equipe de nenhum deles. . E o presidente da República deveria ser o primeiro a assumir e apoiar seus escolhidos. . ➡️➡️vejam os VÍDEOS ➡️➡️. . #forçaRegina #coragemRegina #facção #covardes #linchamentovirtual

Uma publicação compartilhada por Joice Hasselmann (@joicehasselmannoficial) em