Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Joice e Covas antecipam 2020

Vera Magalhães

O pré-lançamento da deputada Joice Hasselmann (PSL) à Prefeitura de São Paulo antecipa a corrida sucessória na capital paulista. A entrada da líder bolsonarista no páreo faz com que a tradicional polarização entre PSDB e PT, que já foi implodida no plano nacional, seja solapada também no plano municipal.

Tucanos e petistas se digladiaram pela prefeitura paulistana nas últimas duas décadas, sucedendo um período de volta do malufismo. A exceção foi a eleição de 2008, quando uma cizânia no bloco PSDB-DEM levou à vitória de Gilberto Kassab –que, no entanto, era o sucessor de José Serra, e não uma força autônoma, como o bolsonarismo. Bruno Covas, relativamente ainda desconhecido e com uma gestão mal avaliada, gostaria de enfrentar um pleito mais previsível, polarizando com o PT, o que o faz dizer que não vai responder a “fofocas” e evitar o embate com Joice tão antes da eleição.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.