Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Jucá e Maia na convenção do PSDB

Equipe BR Político

Nessa atual fase de reforçar o discurso por “renovação” de seus quadros, o PSDB vai receber o presidente nacional do MDB, Romero Jucá, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na convenção nacional tucana que ocorre nesta sexta-feira, 31, em Brasília, para eleger o ex-deputado Bruno Araújo (PE) como presidente nacional da sigla. “Estamos vivendo em um momento de extremos, a extrema direita de um lado extremamente radicalizada, intransigente e intolerante e a mesma coisa na esquerda. E a grande maioria silenciosa dos brasileiros não está em nenhuma dessas extremidades”, disse o senador Tasso Jereissati (CE) ao chegar para o encontro.

Além do ex-deputado pernambucano na presidência, o partido vai ter o deputado Domingos Sávio (MG) na vice-presidência – ele já presidiu o partido em Minas Gerais e é aliado ao deputado federal Aécio Neves (MG). Cesar Gontijo, que foi secretário-geral do PSDB paulista, vai assumir a tesouraria da Executiva nacional no lugar do ex-deputado Silvio Torres, um dos principais interlocutores do ex-governador Geraldo Alckmin na legenda. O deputado Humberto Pereira (MS) foi escolhido para a secretaria-geral do PSDB, substituindo o ex-deputado Marcus Pestana (MG).

Tudo o que sabemos sobre:

PSDBRomero JucáRodrigo Maia