Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Juiz ordena que Guido Mantega use tornozeleira eletrônica

Equipe BR Político

Nesta quarta-feira, 21, o juiz Luiz Antonio Bonat, da 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, determinou que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega use tornozeleira eletrônica, segundo o Estadão. O juiz também bloqueou R$ 50 milhões de Mantega, que esteve à frente da pasta nos governos de Lula e Dilma. O ex-ministro foi alvo da 63.ª fase da Lava Jato, que investiga supostas propinas pagas pela Odebrecht a Mantega e a Antônio Palocci, que o precedeu no cargo, em troca de medidas provisórias benéficas à empreiteira. A Lava Jato havia pedido a prisão de Mantega, porém o juiz decretou o monitoramento por considerar que o réu apresenta baixo risco de fuga.

“O risco de fuga, pela cidadania italiana, pode ser atenuado pela restrição de saída do país e apreensão de passaporte”, escreveu Bonat. O juiz também ponderou que, no caso de Mantega, “não há informação acerca do seu envolvimento em fatos criminosos após o seu afastamento do cargo de ministro da Fazenda, em 1 de janeiro de 2015. Esse é um dos principais pontos de distinção entre o caso de Guido Mantega e o de Antônio Palocci”.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

Guido MantegaLava Jato