Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Justiça afasta diretoria da Aneel e da ONS

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

A Justiça Federal acatou um pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e afastou a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)  e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A decisão foi tomada pelo juiz João Bosco da Silva, que determinou um afastamento de 30 dias. A ideia é que os diretores não possam interferir na investigação sobre as causas do apagão no Amapá, sem energia há mais de 15 dias.

“Diante da extrema gravidade dos fatos, entendo que a hipótese requer uma ampla e minuciosa investigação, tanto por parte da Polícia Federal como por intermédio da atuação do TCU, com vista a esclarecer as causas reais que ensejaram o apagão no Estado-membro do Amapá, objetivando a responsabilização dos culpados, o que, no meu entendimento, não será possível realizar com eficácia, caso os dirigentes da ANEEL e do Operador Nacional do Sistema, permaneçam em suas funções”, diz o juiz em sua decisão.    

Tudo o que sabemos sobre:

Randolfe RodriguresAmapáONSAneel