Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Justiça suspende show de Caetano em apoio a Manuela e Boulos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Justiça Eleitoral suspendeu, na noite desta segunda-feira, 12, o show virtual de Caetano Veloso em apoio à campanha de Manuela D’Ávila (PCdoB) à prefeitura de Porto Alegre. No sábado, o juiz da 161ª Zona Eleitoral, Leandro Figueira Martins, já havia determinado a retirada dos links que promoviam o evento nas redes sociais que, de acordo com ele, não se apresenta adequado à legislação eleitoral. Nesta segunda, o magistrado julgou o mérito da ação protocolada pelo candidato Gustavo Paim (PP), que também disputa o Executivo municipal.

O coordenador jurídico da campanha da candidata, Lucas Lazari, adiantou que irá recorrer da decisão junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS). “O que diferencia um evento lícito de um ilícito é se houve cobrança ou gratuidade. Ninguém terá acesso ao show de Caetano Veloso sem adquirir ingresso”, defendeu.

Em uma rede social, o músico defendeu que a live não se trata de um showmício e sim de um evento fechado. O show, marcado para 7 de novembro, busca angariar recursos por meio da comercialização de ingressos para as campanhas de Manuela e Guilherme Boulos (PSOL).

Tudo o que sabemos sobre:

manuela davilaCaetano VelosoJustiça