Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Lamentável que o presidente deixe um corporativismo falar mais alto’

Marcelo de Moraes

O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) criticou a fala de Jair Bolsonaro sobre a morte do músico Evaldo dos Santos, cujo carro foi alvejado por 80 tiros de fuzil disparados por homens do Exército, no domingo. Bolsonaro chamou o caso de “incidente” e afirmou que o “Exército não matou ninguém”.

“Lamentável que o Presidente deixe um corporativismo sem sentido falar mais alto diante da profunda dor de uma família brasileira, e da conduta abominável de agentes do Estado. Lamentável”, afirmou o ex-ministro da Cultura. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Marcelo CaleroEvaldo Rosa dos Santos