Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lava Jato dá aval para venda do sítio de Atibaia

Equipe BR Político

O Ministério Público Federal, no Paraná, deu aval para que o sítio de Atibaia (SP), pivô da mais alta condenação imposta ao ex-presidente Lula na Operação Lava Jato – 12 anos e 11 meses -, seja vendido. Os procuradores informaram ao juiz Luiz Antonio Bonat, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, que são favoráveis à venda imóvel. Em parecer entregue ao magistrado, a força-tarefa pediu uma avaliação judicial da propriedade rural, que teve a venda solicitada pelo empresário Fernando Bittar em abril. O parecer dos procuradores foi entregue no dia 13 passado. No documento, a Lava Jato afirma que “se apresenta razoável o pedido formulado” por Bittar.

Na avaliação da Lava Jato, não há prejuízo na alienação antecipada do sítio. Os procuradores afirmam que a propriedade não está sendo habitada ou frequentada pelos proprietários formais e pode acabar se deteriorando. “O Ministério Público Federal se manifesta favoravelmente ao pedido formulado por Fernando Bittar, requerendo seja realizada a avaliação judicial do sítio Santa Bárbara e após, para que o requerente realize a venda do imóvel pelo valor mínimo indicado na avaliação, apresentando a proposta de compra a esse i. juízo, ficando condicionado que os valores decorrentes da venda sejam depositados em conta judicial”, solicitou a Procuradoria, segundo o Blog do Fausto.

Tudo o que sabemos sobre:

Lava Jatovendasítio de atibaia