por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Legado da Copa em Pernambuco

Equipe BR Político

Mais um processo que investiga governadores foi despachado do Supremo Tribunal Federal para instâncias inferiores com base na decisão da Corte de restringir o alcance do foro privilegiado.

Paulo Câmara (PSB), de Pernambuco, assim como o prefeito de Recife, Geraldo Júlio (PSB), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), e o deputado Tadeu Alencar (PSB) são investigados por suspeita de receber propina na construção do estádio Arena Pernambuco. O caso agora está nas mãos do STJ.

Notícias relacionadas

Tudo o que sabemos sobre:

paulo câmaraPSB