Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Lewandowski vota pela vacinação obrigatória

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro Ricardo Lewandowski votou a favor da vacinação obrigatória contra o coronavírus no Brasil. Em julgamento no Supremo que analisa a competência de Estados e municípios para determinar a imunização compulsória da população, o magistrado votou pela competência dos entes da federação ante possível inércia da União.

“É nesse contexto, amplificado pela magnitude da pandemia, que se exige mais do que nunca uma atuação fortemente proativa dos agentes públicos de todos os níveis governamentais, sobretudo mediante a implementação de programas universais de vacinação. Portanto, aqui é importante estabelecer desde logo, não é uma opção do governo vacinar ou não. É uma obrigação do governo”, disse o ministro em seu voto.

O ministro disse ainda que vê a possibilidade de medidas indiretas para obrigar a vacinação, como necessidade para matrículas em escolas e recebimento de benefícios sociais, e não uma imunização forçada. Por enquanto, Lewandoski foi o único a votar na sessão, que será retomada nesta quinta-feira, 17.