Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Líder do governo promete projeto para plebiscito por nova Constituinte

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Empolgado por ares chilenos, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse, na noite de terça-feira, 27, que vai enviar “imediatamente” à Casa um projeto de decreto legislativo (PDC) para a realização de um plebiscito sobre a elaboração de uma nova Constituição. No início da semana, ele afirmou que a Constituição deixa o Brasil “ingovernável”.

O líder do governo na Câmara Ricardo Barros (PP-PR)

O líder do governo na Câmara Ricardo Barros (PP-PR) Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Segundo o parlamentar, ele já tem um texto pronto, que precisa apenas de ajustes nas datas propostas para a realização da consulta popular. A ideia inicial era que o plebiscito fosse feito nas eleições municipais deste ano para em 2022 ter uma Assembleia Constituinte.

“Fiz uma provocação sobre a Constituição, o que as pessoas pensavam da nossa Constituição. Agora estou motivado diante de tantos apoiamentos que recebi”, disse Barros, após participar de evento na Base Aérea de Brasília sobre os novos jatos da Força Aérea Brasileira (FAB).

O parlamentar negou que essa seja uma proposta do governo. “Eu fui claro. Eu disse ‘eu pessoalmente defendo’. Então, não consultei o governo e não falei em nome do governo. Portanto, ninguém do governo me abordou”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Ricardo Barrosnova constituinteplebiscito