Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Líderes do Centrão avisam que os vetos serão derrubados ‘facilmente’

Gustavo Zucchi

Líderes de partidos de centro da Câmara dos Deputados sinalizam que os vetos do presidente Jair Bolsonaro ao projeto de lei sobre abuso de autoridade devem ter vida curta. Mesmo itens que antes eram considerados passíveis de cair, como a punição pelo uso de algemas quando o preso não oferecer resistência, agora correm o risco de entrar no balaio.

O deputado Arthur Lira, líder do PP na Câmara, diz que vetos de Bolsonaro à lei de Abuso de Autoridade serão derrubados

O deputado Arthur Lira, líder do PP na Câmara. Foto: Agência Câmara

Dentre os vetos que mais irritaram os deputados estão ao Artigo 9, que trata das punições por “decretar medida de privação da liberdade em manifesta desconformidade com as hipóteses legais” e o veto ao Artigo 30, que trata das punições por “dar início ou proceder à persecução penal, civil ou administrativa sem justa causa fundamentada ou contra quem sabe inocente”. Ao BRP, o líder do PP, Arthur Lira (AL), ressaltou que apesar da decisão caber ao presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, por ele pode marcar sessão “para próxima terça ou quarta” e já tratar da derrubada dos vetos presidenciais.