Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Líderes gostaram de liberação do FGTS

Equipe BR Político

A notícia de que o governo pode liberar até 35% do FGTS para aquecer a economia foi bem recebida por alguns líderes partidários na Câmara, segundo o Broadcast Político. Baleia Rossi (SP), líder do MDB na Câmara, classificou a iniciativa como boa e disse que a medida já deu certo em governos anteriores. “É algo que diminuiu um pouco os efeitos da crise. No entanto, precisamos fazer mais. Aprovar a reforma tributária para gerar mais empregos e renda por meio da simplificação do sistema”, disse.

Já José Nelto (PR), líder do Podemos, afirmou que vê a medida como “um remédio” e que precisaria ser mais do que 35%. “Acho que é pouco, deveria ser maior do que 35%. Temer fez isso e deu certo. É a saída? Não. Mas em um momento de crise como esse é o remédio”, disse.