Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Líderes tentam definir presidência de comissões

Equipe BR Político

Apesar da nova confusão criada pelo presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais, os líderes da Câmara vão tentar definir até o fim desta segunda-feira, 11, a presidência das principais comissões permanentes da Casa. Até o momento, há poucas certezas. A principal delas é que a CCJ ficará nas mãos do PSL, com o deputado Felipe Francischini (PR), na presidência, e com a deputada, Bia Kicis (PSL-DF), na vice. O partido deverá ainda ter outras duas presidências “medianas”, de acordo com o deputado Delegado Waldir (PSL-GO).

O PT deve presidir ao menos três comissões. A legenda quer ficar no comando dos colegiados de Direitos Humanos e no de Educação. Além disso, deve ceder uma cadeira na composição da CCJ, para a deputada Joenia Wapichana (Rede-RR). O PP, de Arthur Lira, terá direito a duas comissões e quer ficar com a de Agricultura, informou o Broadcast Político. 

Tudo o que sabemos sobre:

comissõesCâmara dos Deputadoslíderes