Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Limites de ato pró-Lula em Curitiba

Equipe BR Político

Apoiadores do ex-presidente Lula farão um protesto nas imediações da superintendência da Polícia Federal, neste domingo, 7, exatamente 1 ano após a prisão do petista. Terão, no entanto, que obedecer o perímetro estipulado pela Justiça no Paraná, já que desde o dia 21 de fevereiro está proibido “todo e qualquer ato ostensivo de manifestação (pró ou contra Lula)” nas proximidades da PF. A Polícia Militar tem ordem do desembargador Fernando Paulino da Silva Wolff Filho, do Tribunal de Justiça do Paraná, para prender manifestantes que desrespeitarem a zona delimitada, informa o Estadão.

A decisão da Justiça estipula que a Polícia Militar está “autorizada a retirar das vias públicas toda e qualquer pessoa que pratique em qualquer dia e horário atos ostensivos de manifestação”. O magistrado recomendou “o uso prévio do diálogo e, se necessária, a força dentro dos limites do efetivamente necessário ao cumprimento desta decisão”. Às 11h, são esperadas lideranças do partido, como o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia FederalLulacuritiba