Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Locutor de convocação para protesto diz que áudio foi reaproveitado

Gustavo Zucchi

O coordenador-geral da Embratur, Silvio Santos Nascimento, justificou ao Planalto que sua voz foi reaproveitada em um dos vídeos que acabaram compartilhados por Jair Bolsonaro. E que não gravou especialmente para os protestos contra o Congresso. Em resposta enviada aos seus superiores, ele afirmou que sua voz foi editada de locuções feitas antes de ingressar no serviço público para o vídeo que acabou revelado pelo BRPolítico. Nascimento ainda disse que sempre gravou voluntariamente para ajudar movimentos conservadores, dos quais é entusiasta.

Nesta sexta-feira, a coluna do jornalista Lauro Jardim, em O Globo, revelou que era de Nascimento a voz em um dos vídeos que Bolsonaro divulgou convocando aliados para participar de atos no próximo dia 15 em meio à disputa pelo vetos ao orçamento impositivo.  A Embratur, por sua vez, disse “que não tem qualquer participação na produção ou na formatação do conteúdo do citado vídeo” e que, portanto, não comentará o assunto.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonaro