Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lula e Ciro cobram reação do Congresso a convocação de Bolsonaro

Equipe BR Político

Foram massivas as reações de políticos, principalmente os de oposição, aos vídeos compartilhados pelo presidente Jair Bolsonaro em grupos de WhatsApp a favor de ato em sua própria defesa e contra o Congresso e o STF marcado para 15 de março. O caso foi revelado ontem pela editora do BRP, Vera Magalhães.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) cobrou, na noite de terça-feira, 25, que “todos aqueles que prezam pela democracia” reajam à convocação feita por Bolsonaro na última terça. Ele citou nominalmente o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). “É criminoso excitar a população com mentiras contra as instituições democráticas e sem causa nenhuma, a não ser sua agenda anti-pobre, anti-produção e entreguista de nossas riquezas aos estrangeiros. Vamos lutar pela preservação da Constituição e pelo Brasil!”, escreveu o ex-candidato à Presidência.

O ex-presidente Lula, também pelo Twitter, chamou o gesto bolsonarista de “autoritário” e também cobrou uma reação das autoridades. “É urgente que o Congresso Nacional, as instituições e a sociedade se posicionem diante de mais esse ataque para defender a democracia”, escreveu Lula.