Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lula: ‘Não quero polemizar com Ciro, mas o PT não vai se encolher’

Equipe BR Político

O ex-presidente Lula minimizou nesta quinta, 14, as críticas que seu ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem a respeito da disputa presidencial de 2018 ao declarar que o PT “não vai se encolher”, durante uma reunião da Executiva Nacional da legenda em Salvador (BA). Em palestra em São Paulo na segunda, 11, o pedetista reiterou várias críticas ao ex-presidente, afirmou que falta escrúpulos ao petista, a quem também chamou de “encantador de serpentes”.

“Não quero ficar polemizando com o Ciro. Ele foi leal comigo no governo, tive uma boa relação com o Ciro. Agora, dizer que o PT deveria ter saído (das eleições do ano passado) para apoiar ele… Você acha que o Bahia vai jogar com o Vitória e amolecer? Não podemos aceitar que tentem nos diminuir (…) O partido não vai se encolher”, disse Lula.

Durante sua fala de uma hora, Lula também rebateu críticas de que sua soltura potencializa a polarização política no País. Ele lembrou que o PT polariza desde 1989. “Polariza quem disputa o título, e vai polarizar em 2022. Nós vamos sempre polarizar”, avisou. Ciro, por sua vez, tem indicado desde o final do segundo turno de 2018 que se sentiu preterido nessa disputa presidencial, uma vez que a candidatura de Lula, defendida pelo PT até a Justiça eleitoral barrá-la, no final de agosto, era natimorta  e o lançamento tardio do “amigo” Fernando Haddad não respeitaria o eleitorado do campo progressista. Se Haddad tivesse sido eleito, ele seria um “presidente por procuração”, dizia Ciro à época.

Tudo o que sabemos sobre:

LulaPTCiro Gomes