Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lula no centro do 1º de Maio

Luiza Pollo

As centrais sindicais se reúnem na terça-feira para protestos de 1º de Maio em Curitiba. Mas, neste ano, as pautas dos trabalhadores ficam em segundo plano para abrir espaço para a defesa da liberdade do ex-presidente Lula, avalia Cristiane Agostine no Valor.

Esta pode ser a primeira vez na história que as centrais sindicais se unem para um ato conjunto na data. Até mesmo a Força Sindical, cujo líder Paulinho da Força apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma, garantiu presença.

Tudo o que sabemos sobre:

força sindicalLula