por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lula poderá celebrar a Páscoa em liberdade

José Fucs

A decisão do Supremo de conceder a liminar pedida pela defesa de Lula, para evitar que ele seja preso antes da conclusão do julgamento de seu habeas corpus, garantiu a liberdade do ex-presidente pelo menos até o próximo dia 4.

Nesta data, está marcada a sessão do julgamento do HC, quando o relator e os ministros do STF deverão proferir os seus votos.

Com a decisão do STF nesta quinta-feira, 22, Lula poderá comemorar a Páscoa em liberdade, ainda que o TRF-4 julgue improcedente o recurso impetrado  contra a sentença que o condenou por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

LulaSTF