Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lupi: ‘Votar a favor da reforma é mais grave que apoiar golpe contra Dilma’

Marcelo de Moraes

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, deu o tom de como o partido pretende tratar com o rigor a votação feita por oito dos seus parlamentares a favor da reforma da Previdência. Para ele, apoiar a proposta foi mais grave do que defender o impeachment de Dilma Rousseff.

Lupi anunciou que reunirá a Comissão Executiva Nacional do partido amanhã para tratar do caso dos deputados que não seguiram a orientação da direção do partido. Entre os que votaram pela reforma está a deputada Tabata Amaral (PDT-SP). “Quarta terei uma reunião da Executiva Nacional com a Comissão de Ética do PDT para tratarmos dos casos de infidelidade partidária da semana passada. Votar a favor da reforma da Previdência é mais grave ainda que ter apoiado o golpe contra a Dilma.Imoralidade sem tamanho”, afirmou o dirigente pedetista. /M.M.