Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Lyra pode esperar

Vera Magalhães

Dois habeas corpus foram impetrados no STF nesta sexta-feira. O de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, acusado de ser operador de recebimento de propina do PSDB, e o de Milton Lyra, uma espécie de colega de ofício do PMDB.

Os dois tiveram Gilmar Mendes como relator designado. O ministro informa ao BR18 que já deixou o tribunal. Lyra, diferentemente de Paulo Preto, ainda passará o fim de semana preso. / V.M.