Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Macedo unge Bolsonaro e critica imprensa

Vera Magalhães

Jair Bolsonaro recebeu neste domingo diante de um Templo de Salomão completamente lotado a unção do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus. Com Bolsonaro ajoelhado dele e com as mãos em sua cabeça, Macedo pediu que Deus lhe dê “vigor” para “mudar o Brasil, porque esta é a nossa fé”. “Nós o consagramos ao Espírito Santo para servir a ti, meu Pai”, orou Macedo. “E servir a ti é servir a esta Nação.”

 

Depois, com Bolsonaro já de pé, Macedo disse que ele vai “arrebentar”. Emocionado, o presidente chegou às lágrimas. “Porque Deus é contigo. E digo mais: esse povo todo que nos assiste, aqui e em casa pela TV, é testemunha desta consagração”. Segundo ele, haverá um “antes e depois” da consagração.

Bolsonaro então desce do altar e Macedo continua o discurso, que passou, então, a ser contra a mídia. “A mídia inteira é contra ele, e eu sei o que é isso, porque nós vivenciamos o inferno da mídia, das pancadarias dela. Porque ela é a imprensa marrom. Mas eu estou aqui, e o presidente vai estar lá. Vai arrebentar! Vai arrebentar! Presta atenção: vai arrebentar não é porque sou eu, não, vai arrebentar não porque é o presidente, vai arrebentar porque é o espírito de Deus”, discursou, diante de aplausos dos fiéis.