Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Macris: ‘SP não quer radicalismo’

Equipe BR Político

Mesmo em meio a suspeitas de repasse de verba do fundo eleitoral para um posto de gasolina do qual é proprietário, o deputado Cauê Macris (PSDB) foi reeleito na sexta-feira, 15, para o comando da Alesp com 70 dos 94 votos, o tucano diz representar o anseio da maioria dos paulistas por equilíbrio.

Para Macris, o radicalismo de sua principal adversária na disputa, Janaina Paschoal (PSL), é apoiado por uma minoria. “O radicalismo estabelecido por ela e por alguns integrantes do PSL não é o que a população de São Paulo quer”, afirmou em entrevista à Folha.

Tudo o que sabemos sobre:

Cauê MacrisSão Pauloradicalismo